quinta-feira, 26 de julho de 2012

O Esconderijo


 Certo dia, cheguei no quarto do Pedro Gabriel e do Arthur Miguel, 9 e 6 anos respectivamente,  e notei que o quarto estava todo empoeirado e sujo de alguma coisa parecida com areia,  e que este pó estava por cima de todos os móveis e da colcha na cama.
Eu notei que havia um rodo no quarto e que alguém havia raspado para a varanda toda aquela sujeira do chão, e que também havia restos de cimento e pedrinhas.
Eu olhei ao redor e não consegui identificar de onde vinha toda aquela suejeira. Fiquei intrigada!
De repente o Arthur entrou no quarto, eu perguntei a ele quem tinha trazido areia pro quarto.
        - Não sei mamãe, não vi nada. Respondeu ele.
Quando foi mais tarde o Jonatas chama a mim e ao Galeno no quarto do Pedro pra nos mostrar o que tinha acontecido:
O Pedro simplesmente tinha feito um buraco enorme, na parede! 
O buraco estava escondido atrás do quadro, por isso eu não tinha visto!
Quando perguntamos por que ele tinha feito isso, ele nos respondeu que era pra guardar um dinheiro que ele tinha ganhado da avó e que queria um lugar bem escondido, por isso pensou em fazer um cofre na parede, usando uma chave-de-fenda e um martelo!
Isso rendeu-lhe uma semana indo dormir mais cedo e sem ver televisão.

3 comentários:

  1. Amiga, estou com dois aqui em casa e estou quase pedindo arrego kkkk
    Imagine 13.
    Esse pedro apronta todas mesmo, comprar um cofre para ele tadinho hihihiih.

    ResponderExcluir
  2. =D

    Que legal, ele tem algum mérito nisso tudo. Principalmente por ter dito a iniciativa de procurar um esconderijo, por ter pensando em algo (fica claro que ele escolheu o lugar, pensou nas melhores ferramentas), por ter executado o serviço sozinho, por ter ocultado a prova do crime (tá nesse ponto ele falhou).

    Foi errado o que ele fez sim, mas ele foi no mínimo sagaz para conseguir isso.

    Imagino que eu teria agido da mesma forma, e colocado ele para consertar, se eu fosse o pai. Arrumaria um pouco de argamassa para o conserto, e colocaria ele para ajudar a arrumar tudo. E claro, depois um bom castigo restritivo ; ]

    Obrigado Gláucia. Cada dia que passa tenho mais desejo de ser pai. Suas histórias me ajudam a isso.

    ResponderExcluir
  3. Descobri seu blog por indicação de uma amiga. Achei muito interessante saber um pouco da história e rotina de uma mãe que tem 13 filhos!
    Estou até com vergonha, mas tenho que te confessar uma coisa: eu, com apenas 2, estou quase ficando doida! rsrsrs
    Você com certeza é uma guerreira! Parabéns pela linda família!!!
    www.aventurasdeumamaezona.blogspot.com

    ResponderExcluir